domingo, 13 de abril de 2008

"De amor e trevas"




ENQUANTO PREPARO O TEXTO PARA ME DESPEDIR DE MUMBAI, VOU MOSTRANDO AQUI ALGUMAS IMAGENS E DEIXO UM TEXTO DO GRANDE ESCRITOR AMÓS OS... COM DESEJO E ESPERANÇA QUE OS POVOS POSSAM SE ENTENDEM MELHOR.

VEJAM TAMBÉM O BLOGO DO ÉRICO HILLER:

http://pelomundo2008.blogspot.com

“Ameaças? A verdade é que não era pra se proteger das ameaças do Levante que minha avó mortificara o corpo em banhos escaldantes nas manhãs, tardes e noites de todos os dias de sua vida em Jerusalém, mas sim, ao contrário, pelo fascínio que seus encantos sensuais exerciam sobre ela, pela voluptuosidade de seu próprio corpo, pela atração poderosa dos mercados que transbordavam e fluíam e ondulavam impetuosas à sua volta, deixando-a quase sem respirar, com uma vertigem na boca do estômago e um incontrolável tremor nos joelhos pela abundãncia de verdures, frutas e queijos tentadores e pelos perfumes penetrantes, entorpecentes de todas essas comidas estrangeiras e estranhas que a excitavam, e as mãos gulosas e insaciáveis que apalpavam-penetravam até o mais recôndito das montanhas de frutas e verdures, e os pimentos vermelhos, e as azeitonas temperadas, e toda a nudez daquelas carnes polpudas, sangrentas, sem pele e sem vergonha que balançavam nos ganchos das feiras, e todos os temperos, e os pós, e as especiarias, até o dissolver dos sentidos, até quase o desmaio, toda sorte de tentaçoes lascivas que lhe lançava esse mundo amargo, azedo e salgado, e também a fragrãncia pungente do café que a penetrava até o fundo do ventre, e as grandes jarras de vidro cheias de bebidas de mil cores, e nelas pedaços de gelo e de limão, e os carregadores do Mercado, robustos, bronzeados, peludos, nus da cintura pra cima, com todos os músculos das costas tremendo pelo esforço sob a pele quente, reluzindo ao sol, ensopada de suor. Quem sabe se o culto à limpeza de minha avó não passava de um traje de astronauta, hermético e esterilizado? Ou de um anti-séptico cinto de castidade com que ela cingira voluntariamente a cintura para se resguardar das seduções, desde seu primeiro dia em Israel? E que trancava a sete chaves, jogando-as fora depois?”
Amós Oz

5 comentários:

Milla Jung disse...

Gracias!
bj,
Milla

Milla Jung disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Renato Negrão disse...

Obrigado voce por ter me apresentado a ele e a tantas coisas boas na vida.
Bjs

wilson disse...

Olá Renato. Obrigado pela homenagem. Realmente nao esperava. Estou orgulhoso desse seu trabalho. Levei o pai para assistir a final do Campeonato Brasileiro de l993. Palmeiras campeao. Uma das maiores alegrias minha e de meu saudoso pai. Uma outra foi quando fomos campeao de malha num campeonato aì em Tupassi promovido pela Prefeitura. Saiu nos jornais e ele andava com a reportagem no bolso mostrando para todo mundo. Mulheres.....foram tao poucas.Valeu abraçao.

sexybots disse...

Hi Renato,
How are you?
I like the pictures a lot, they so real.
You capture the life as it is...
Please keep up the good work. Hope you will go to more countries and present more amzing pictures like these.

P.S.
Can you write blog in English as well?
I cannot understand portugese and that way you could reach to wider audience.
lots of love
Ewa