terça-feira, 6 de maio de 2008

Sob o Céu de Kathmandu


"Ele tinha aprendido o jeito de se confundir com as sombras, sem que o notassem. Tinha se tornado uma sombra à espreita do que nunca era dito claramente, à beira do momento em que não haveria mais nenhum segredo a descobrir e a vida, então, se tornasse crua e visível, por tê-la tocado ele mesmo, não por ouvir dizer"

Caio Fernando Abreu.

7 comentários:

Anônimo disse...

Cara show de bola o blog e principalmente as fotos. Essa "céu de Kathmandu" é sensacional; gostei muito também das fotos das crianças na rua e do homem sentado no terraço. Parabéns
Abraço
Luiz

Marcos Corrêa disse...

Linda foto Rê.
Quando chegar, faremos festa, viu. Bjos

Renato Negrão disse...

Chegarei na segunda a noite (snif, snif). Tô com saudades de todos, mas queria ficar mais, pelo menos 6 meses mais...
Vc viu o texto de Varanasi? Leu? Então me explica o que foi aquilo? Vc é a melhora pessoa para isso.
Bjs

Anônimo disse...

Essa foto ta demais!!!! Vou tentar registrar Kathmandu a altura!! Mas antes, vamos tomar uma cervejinha pra comemorar nossa trip no Nepal!!!

Ate sabado! Carlinhos

ju disse...

Nossa Rê que céu mais sinistro....
Deixou o fantasminha com medo ...rs bjus Jú

Anônimo disse...

Rena,

Que poder tem essa imagem, que força! E que bom que vc também a tocou...

Beijos.
Cris

rony disse...

Muito boa essa foto...... Esta parecendo com uma cena de algum filme.

Aquele abrasss.